Redes Sociais para além dos memes: mapas sociais [Live #9 GdC]

“Um pouco de Geografia das Coisas #9”
28/03/2017

Crie, gratuitamente, mapas interativos a partir de dados de redes sociais, como Twitter, Instagram, Flickr e outras! Com uso de ferramentas gratuitas você poderá, em alguns minutos, elaborar mapas interativos e análises espaciais que proporcionam o entendimento da dinâmica sócio-territorial em temas que estão “bombando” na rede.

A Live #9 “Um pouco de Geografia das Coisas” do dia 28/03/2017, foi apresentada no Facebook Live, já que o tema é a importância o do uso de dados públicos e publicados em redes sociais para intervenções no território, seja entendimento de um fenômeno social ou mesmo em situações de emergência e resgate (lembrando que também é um dos pilares da Transformação Digital, o #socialbusiness).

Para não esquecer das próximas discussões ao vivo, assine o Canal e clique em definir lembrete. Assista mais em: http://videos.mapps.rocks

Mande suas dúvidas e sugestões de temas em Interação com Eventos ao Vivo (lives) e, se já participou, deixe sua presença registrada no mapa interativo!

Mas afinal, que série é esta? A série “um pouco de Geografia das Coisas” surgiu após reflexões pré e pós-palestras que ministro em Universidades, Institutos de Pesqusa, Escolas e empresas no Brasil, bem como desdobramentos dos artigos e outros materiais publicados neste blog.

[Live #8]A adjetivação redundante “com Geoprocessamento”

“Um pouco de Geografia das Coisas #8”
21/03/2017

‘COM USO DE GEOPROCESSAMENTO’. Já ouviu ou leu esta expressão? Por que insistimos (estou bibliograficamente incluso) nesta “adjetivação redundante”? Realmente usamos como extensões das nossas habilidades de análise ou insistimos na relação técnica “a um só tempo natural e obrigatória”?

A live #8 “um pouco de Geografia das Coisas” propõe esta reflexão, trazendo como exemplos a área de Gestão das Cidades e Gestão do Campo.

Segundo Senna (2006), a “adjetivação pleonástica encontra justificativa no intuito de salientar a qualidade mais intrinsecamente própria deste ou daquele substantivo, como se passasse a existir entre o nome e seu atributo uma relação, um vínculo, um parentesco a um só tempo natural e obrigatório.”

Para não esquecer das próximas discussões ao vivo, assine o Canal e clique em definir lembrete. Assista mais em: http://videos.mapps.rocks

Mande suas dúvidas e sugestões de temas em Interação com Eventos ao Vivo (lives) e, se já participou, deixe sua presença registrada no mapa interativo!

Mas afinal, que série é esta? A série “um pouco de Geografia das Coisas” surgiu após reflexões pré e pós-palestras que ministro em Universidades, Institutos de Pesqusa, Escolas e empresas no Brasil, bem como desdobramentos dos artigos e outros materiais publicados neste blog.

[Minuto Live #2]Crie mapas interativos utilizando #MApps

“Crie mapas (históricos) interativos grátis! Geoprocessamento em sala de aula com aplicativos #MApps”
20/01/2017

Este trecho faz parte da Live #2 “Inteligência Geográfica e Educação”: assista o vídeo completo, com discussões em https://www.youtube.com/watch?v=GCHZ_…

Para não esquecer, assine o Canal (http://assine.mapps.rocks) e clique em definir lembrete. Como? Veja aqui: https://youtu.be/fLtovqxmCy0

Mas afinal, que série é esta? A série “um pouco de Geografia das Coisas”, apresentada por Abimael Cereda Junior, surgiu após reflexões pré e pós-palestras em Universidades, Institutos de Pesqusa, Escolas e empresas no Brasil, bem como desdobramentos dos artigos e outros materiais publicados no blog http://geografiadascoisas.com.br

Assista mais em: http://videos.mapps.rocks

 

[Live #2]Inteligência Geográfica na Educação e #IBM5in5

“Um pouco de Geografia das Coisas #2”
20/01/2017

Live discutindo a integração de Geografia e Tecnologias – a Inteligência Geográfica – no ensino, não de forma tecnicista, mas de maneira crítica e integrada.

Apresenta, de maneira rápida, o documento #IBM5in5

Também inclui temas gerais de 2017 na área de Geografia, Tecnologia e Educação.

Assista “um pouco de Geografia das Coisas #1

Mande suas dúvidas e sugestões de temas para: https://geografiadascoisas.com.br/int… e participe do mapa interativo em: http://arcg.is/2kbfSSS

[Live #1]Boas-vindas e o que é a era da Geografia das Coisas?

“Um pouco de Geografia das Coisas”
29/12/2016

 

XX Semana de Engenharia Civil da Unicamp – Novas Perspectivas

A Engenharia Civil e a Inteligência Geográfica: você ainda acha que Geoprocessamento é fazer mapas?
20/09/2016

cityengineA Semana de Engenharia Civil da Unicamp, em sua vigésima edição, tem por objetivo trazer palestras, minicursos, mesas redondas, workshops e painéis para toda a comunidade, além de empresas que se apresentam aos alunos, expondo seus projetos e realizando recrutamento de futuros estagiários e colaboradores (fonte: site oficial).

webgis-geodesignNa oportunidade, pude falar sobre as inovações metodológicas e tecnológicas para além do Geoprocessamento como ferramenta para geração de mapas, como o Web GIS, Geodesign, entre outros temas, a partir da provocação se “geoprocessamento ainda é fazer mapas”, possibilitando análises, modelagens e aplicações para além do CAD x GIS x BIM, mas da integração entre Plataformas e Pessoas.

A Unicamp tem implementado tais visões pois possui a Plataforma ArcGIS de maneira ‘ilimitada’, a partir do contrato de parceria com a Imagem/Esri, que possibilita tal uso, incluindo cursos online, apps e outros produtos, o site license.

Confira mais detalhes do evento e todo o conteúdo apresentado.

Cidades Inteligentes: Cidadãos Conscientes na era da Geografia das Coisas – TEDx Petrópolis

TEDx Petrópolis – Ideas Worth Spreading
17/09/2016

tedx-petropolis-abimael-bb-kingEstamos envoltos, seja na grande mídia ou na Academia, em discussões sobre uma série de “inteligências” ou smarts: telefones e carros inteligentes, mapas inteligentes e até mesmo cidades inteligentes. Mas, afinal, do que estamos tratando ao falar de Cidades e Inteligência?

Com a integração entre Dispositivos, Vivência, Sociedade e Sistemas de Informação, temos a oportunidade única na história da humanidade, como Sociedade em Rede, de trazermos soluções espaciais em suas amplas dimensões. A Inteligência Geográfica, ou seja, a integração entre a Ciência Geográfica e as Tecnologias – em seu “estado da arte” – permite-nos o desvelar não só do Território, mas o entendimento do Lugar. E, com isso, podemos cunhar o termo “Geografia das Coisas” (ou GIS of Things).Vivemos a Geografia das Coisas, que amplia o horizonte da Internet das Coisas e confere humanidade a ela. Sabemos que essa relação não é somente homem–máquina: é uma relação cidadão– sociedade–tecnologia.

tedx-petropolis-abimael-colagemO Geógrafo Abimael Cereda Junior, Líder de Ciência & Pesquisa da Imagem, especialista em Geoprocessamento e Mestre e Doutor em Engenharia Urbana, tem como área de pesquisa e atuação a incorporação da Inteligência Geográfica nos processos de planejamento e gestão público e privado, bem como o desenvolvimento e aplicação de métodos e técnicas para análise espacial de dados geográficos, para além das Smart Cities e Smart Farming.

This talk was given at a TEDx event using the TED conference format but independently organized by a local community. Learn more at http://ted.com/tedx