GIS Day: celebrando a Transformação por meio da Geografia

II GIS Day Geografia das Coisas (2020)

Mantendo a tradição, a Geografia das Coisas promove o II GIS Day Geografia das Coisas, com temáticas que buscam romper com as classicamente discutidas em outros espaços.

Segundo Abimael Cereda Junior “2020 foi um ano de grandes transformações e, também, inúmeras oportunidades. Assim, o II GIS Day Geografia das Coisas trará a discussão da Geografia e o uso de Tecnologias em contextos que, à primeira vista, parecem estranhos, como jogos de simulação, cadeia produtiva cervejeira e mais”.

Ele também destaca que “lançaremos o piloto do projeto retroGIS, que pretende contar a história do Geoprocessamento no Brasil por aqueles que a fizeram!”

Quer participar? Inscreva-se gratuitamente agora!

    Participantes e temas

    18/11 – Bruno Lima

    Você joga SimCity? Seus gestores municipais deveriam!

    “Entender o comportamento de uma cidade é fundamental para planejá-la e desenvolvê-la de forma sustentável e acessível a todos. Os jogos de simulação podem ajudar, e muito, nesta questão.”

    Engenheiro Civil formado pela UFSCar. Mestrando em Engenharia Urbana pelo PPGEU/UFSCar, pesquisando sobre jogos de simulação de cidades no planejamento urbano, com foco na mobilidade. Diretor Operacional do Urbie: Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana, que promove a integração entre a Universidade e a Comunidade nas questões relativas à cidade.

     

     

    19/11 – Prof. Dr. Edilson Bias

    Episódio #1 – Piloto retroGIS

    “Contando a história do Geoprocessamento”

    Possui graduação em Geografia pelo Centro Universitário de Brasilia (1994), mestrado em Geociências e Meio Ambiente pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998) e doutorado em Geografia Rio Claro pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003). Atualmente é professor Associado II da Universidade de Brasília. Atuou durante 26 anos na Companhia Energética de Brasília, onde participou do Núcleo de Implantação do GEOCEB – Geoprocessamento para a Gestão de Energia Elétrica da CEB, posterior assumiu a Gerencia de Geoprocessamento e a Assessoria Técnica da Diretoria Técnica, sendo responsável pela proposta de integração de todos os sistemas técnicas da CEB.

     

     

    20/11 – Marcos Oliveira

    Toda boa história começa com um mapa… e cerveja

    “No corre-corre do dia a dia sempre falei de negócios com o Geógrafo das Coisas. Mas a vida não se resume a isso. O convite para o GIS Day me lembrou o Pint of Science e confirma que trocar conhecimento pode ser descontraído e divertido. A história dos fermentados que encantam não só os humanos é antiga e tem lugar no mapa. Venha brindar com a gente!”

    Formado em Administração pela UERJ, depois fez MBA em Marketing de Serviços na ESPM em São Paulo. Trabalhou na Metro MD, o embrião da MarketData, onde tomou conhecimento das utilidades do GIS. Sempre gostou de geografia, teve bons professores, tanto que se mantém estudando sobre o assunto. Fundou a marketingLab, para empresas que precisam mais de marketing que propaganda e é sócio da BR Tecnologia em Bebidas que desenvolve equipamentos voltados a melhoria do processo e controle cervejeiro. Participa da criação do Inovacerva, conjunto de ações para incentivar a aproximação da academia desse setor econômico tão saboroso.

    Sobre o GIS Day

    O GIS Day é uma ótima oportunidade para que todos os profissionais, pesquisadores e educadores possam apresentar o uso(geo)Tecnologias em aplicações relevantes, onde a Inteligência Geográfica já faz diferença em nossa sociedade.

    A primeira comemoração oficial do GIS Day aconteceu em 1999 e foi promovida pelo presidente da Esri, Jack Dangermond. Ralph Nader, advogado e político estadunidense o inspirou a instituir a data, pois considerava o GIS Day uma boa iniciativa para as pessoas descobrirem como a Geografia e as aplicações GIS já impactam – positivamente – nosso dia-a-dia.

    Segundo o site oficial – que você DEVE visitar e contém uma série de recursos – o GIS Day é “participar da celebração internacional dos Sistemas de Informações Geográficas. SIGs fornecem um quadro científico para a coleta, análise e visualização de dados geográficos para nos ajudar a tomar melhores decisões. No #GISDay, ajude os outros a aprender sobre Geografia e as aplicações dos SIGs no mundo real que já fazem diferença em nossa Sociedade. É uma oportunidade para partilhar as suas realizações e inspirar outros a descobrir e utilizar os SIG. Ainda que a celebração possa parecer um pouco diferente este ano, partilhar SIG é mais importante do que nunca.

    É sempre importante destacar que o GIS Day NÃO está ligado a uma marca ou software, como alguns acreditam: é um momento de integração entre todas as áreas que lidam com as Tecnologias & Geografia, independente se o software é proprietário, livre, aberto, etc.

    Sobre a história do GIS Day!

    Mais #GISDay e Geografia das Coisas

     

    Quer criar mapas e aplicativos online gratuitamente?

    | Transformação Digital Territorial |