Arquivo de tag Imagem

porceredajunior

I Workshop do Projeto Cachoeiras 2.0

I Workshop Projeto Cachoeiras 2.0
23/11/2017

O I Workshop do Projeto Cachoeiras 2.0 teve o objetivo de apresentar os resultados do Projeto Cachoeiras, uma expedição no Rio Paraíba do Sul que aconteceu em 2015, com continuidade em 2017.

O “Projeto Cachoeiras – Semeando Águas” foi uma expedição única: entre 12 de julho e 13 de setembro de 2015, Pedro Oliva, um atleta profissional, remou 1137 km, desde a cabeceira do rio Paraíba do Sul até o oceano Atlântico, a bordo de um caiaque transformado em uma plataforma de coleta de dados científicos. Nessa expedição foi realizado um programa de coleta em alta resolução espacial de parâmetros de qualidade de água e do ar em um dos mais importantes rios da região Sudeste do Brasil. Além da coleta de dados científicos, buscamos uma abordagem integrada unindo ciência, educação ambiental e esporte, com alto impacto para sociedade. Em 2017, a componente Sociedade do projeto Cachoeiras revisitou as cidades ao longo do rio Paraíba do Sul, continuando os trabalhos de educação ambiental iniciados em 2015. Além dos dados coletados, serão discutidos os próximos passos e perspectivas de continuidade das atividades do projeto. As atividades estão organizadas em palestras e mesas redondas.

O Prof. Dr. Abimael Cereda Junior participa do projeto; acompanhe sua apresentação no I Workshop:

O projeto de extensão da UNESP intitulado “Cartografia Social e Histórias Orais ao Longo do rio Paraíba do Sul” tem atualmente 28 alunos de graduação vinculados como colaboradores, parceiros do CEMADEN e do INPE. Também estamos fechando uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São José dos Campos.

Este projeto é uma continuação do Projeto Cachoeiras: Semeando Águas, que foi realizado em 2015 sob coordenação do canoísta Pedro Oliva e em parceria com a UNESP, INPE, CEMADEN, UNIFEI e UFJF. No Projeto cachoeiras de 2015, o Pedro Oliva percorreu os 1300 km do rio Paraíba do Sul de caiaque, desde a sua nascente (quando ainda era o rio São Luiz do Paraitinga) até a sua foz em São João da Barra (RJ). O caiaque do Pedro foi equipado com equipamentos para medição de qualidade do ar e da água. Neste percurso, o canoísta colheu amostras de água com frequência e depois entregava-as aos pesquisadores que o acompanhavam em equipe de campo. Em paralelo, a UNESP contribuiu com o trabalho de educação ambiental em algumas cidades ao longo do rio.